O Seminário Socioeducativo estrutura-se em dois momentos. No primeiro momento, apresentam-se aos participantes mesas temáticas em que pesquisadores/profissionais especialistas realizam conferências, considerando os eixos do seminário. Ao final de cada mesa abre-se espaço para que a plateia interaja com os palestrantes, fazendo perguntas e até mesmo colocações sobre o que foi discutido. No segundo momento, é a vez de alguns participantes apresentarem artigos científicos ou relatos de experiência relacionados à temática do seminário e, a partir dessas apresentações, estabelece-se o espaço para a ocorrência de debates que discutam os assuntos apresentados.

PROGRAMAÇÃO

Primeiro dia

9:00 - Mesa de Abertura

10:00 – Conferência "Trajetórias de vida, criminalidade e o papel da educação"

  • Profº Dr. Daniel Ricardo de Castro Cerqueiro

13:00 – Almoço

14:00 – Mesa 1- Ato infracional e criminalização

  • Profª Dra Patricia Constantino
  • Profº Drº Elionaldo Julião
  • Profª Claudia Lucia Silva Mendes

16h – Lançamento de livros

Segundo dia

9:00 - Mesa 2 - Trajetórias de vida, atos infracionais e gênero

  • Profª Dra. Raquel Willadino Braga
  • Profª Sinara Gumieri
  • Profª Dra Janaina de Fátima Silva Abdalla

11:00 – Mesa 3 - Vulnerabilidade e desigualdades

  • Profª Dra. Vânia Sierra
  • Profª Nathália Carlos da Silva
  • Profª Mara Cristina Fernandes Barbosa
  • Profª Soraya Sampaio Vergílio

13:00 – Almoço

14:00 até 18:00 - Apresentação de trabalhos

*Programação sujeita a alteração sem aviso prévio

Em breve você poderá baixar a programação clicando aqui!

LOCAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

Bloco P - Auditório - Térreo

  • O olhar sobre a privação na ótica dos invisíveis
  • Entre perspectivas e pluralidades: instrumentalizando “socioeducações” no Departamento Geral De Ações Socioeducativas
  • "A casa está cheia!": quantitativo das internações no Instituto Padre Severino (IPS) de 1995 a 2017.
  • Da ordem de ordem de ser o ideal ao que me construo hoje: sobre disciplinarização e as linhas de fuga na socioeducação
  • Jovens, pobres, negros e “perigosos”: reflexões sobre a criminalização da juventude das classes populares
  • Implementação do preservativo: desafios institucionais e direitos sexuais de homens jovens em privação de liberdade


Bloco C - Auditório Ismael Coutinho - 2º andar

  • Uma pesquisa e diversos olhares: vivências, experiências e percepções dos adolescentes em conflito com a lei em Uberlândia/MG em 2017
  • Conversas sobre a violência doméstica em um grupo de pais de adolescentes cumprindo medidas socioeducativas, em Belém
  • Socioeducação e e direito à convivência familiar e comunitária nas unidades de atendimento do município do Rio de Janeiro
  • Justiça Restaurativa em Instituição de Privação de Liberdade para Jovens
  • Grupos focais com adolescentes em restrição de liberdade: percepções em relação ao contexto da família, comunidade e instituições
  • Da sujeição criminal à participação juvenil
  • Jovens escolarizados do sistema socioeducativo
  • Neuropsicopatologia e funções cognitivas de adolescentes em conflito com a lei

Bloco D - Auditório Paulo Freire - 3º andar

  • Sistema Educacional Intramuros: Análise da Metodologia Pedagógica Desenvolvida para Adolescentes em Conflito com a Lei
  • Educação profissional de meninas privadas de liberdade
  • Experiências de alunos e professores: tomando a indisciplina e o ato infracional para pensar a escola
  • O direito à permanência na educação de adolescentes em conflito com a lei
  • Processo de criminalização da juventude no Rio de Janeiro: a defesa na justiça juvenil e o ECA
  • Entre eles e nós: violências, violações e deslocamentos
  • Adolescentes em privação de liberdade, convivência familiar e territorialidade: demandas em políticas públicas na área da juventude
  • Pensando a criação de subjetividade nas medidas socioeducativas para fortalecer alternativas no atendimento


Bloco E - Auditório da Escola de Serviço Social - 4º andar

  • Ato infracional, ideologia punitiva e penalidade neoliberal: Reflexões sobre o compromisso ético do trabalho da/o assistente social nas medidas socioeducativas.
  • Fundação CASA: nova roupagem, velhos hábitos?
  • A poesia como espaço de liberdade na medida de internação
  • Os Desafios da Implementação do Artigo 123 do Estatuto da Criança e do Adolescente nas Unidades de Porto Alegre/RS
  • Apontamentos sobre construção de masculinidades em unidades socioeducativas de privação de liberdade no município do Rio de Janeiro
  • A sexualidade como elemento gestor das unidades de internação: violência sexual e violência de gênero em análise
  • Ato infracional nas mídias de massas: o mito da impunidade e a sociedade punitiva.
  • Políticas Socioeducativa: O Sistema de Garantia de Direitos como perspectiva

PALESTRANTES

Professor doutor daniel ricardo de castro cerqueiro
Professora Doutora Raquel Willadino Braga